2ª Divisão B - Zona Sul - 29ª jornada, Barreirense -0 Câmara de Lobos -0


Estádio D. Manuel de Melo, no Barreiro

ÁRBITRO: Silvério Ferreira (Aveiro)

Barreirense 0
Ernesto; José Chevela (Quim, 60 m), Miranda, Kali, Bruno Costa; Monzelo, Miguel e Rui Pedro; Dieb (Nuno Gaio, 80 m), Gilmar e José Pedro (Marco Bicho, 71 m).
Treinador: José Rachão
         
Câmara Lobos 0
Paulo Duarte; Paulo Manuel, Celso Câmara, Ricardo Jorge, Calaça e Delmoro; Celso (Marco, 66 m), Milton, Folha e Jorge Correia (António Miguel, 75 m); João Paulo.
Treinador: José Moniz
 
Disciplina: cartão amarelo a José Pedro (43 m), Monzelo (50 m), Calaça (68 m), Gilmar (74 m) e Delmoro (87).
 
O Barreirense iniciou este jogo claramente com intenção de jogar ao ataque, e cedo tomou o domínio do jogo com a equipa instalada no meio campo adversário e com dois laterais nitidamente ofensivos. Embora não tenha feito um grande jogo o Barreirense criou as oportunidades suficientes para o ganhar, contra um candidato à subida que nada mostrou para o justificar, utilizando 10 jogadores musculados defendendo atrás da linha da bola, que a bombeavam para a frente à espera que a velocidade do avançado, ou alguma ajuda divina, podesse resultar em golo. Nota muito negativa para o árbitro do encontro, que talvez, por já ter conhecimento da má qualidade da equipa da madeira, usou e abusou escandalosamente da dualidade de critérios, sempre com prejuízo para o Barreirense, levando a pensar que só não "inventou um golo para o Câmara de lobos", porque poucas foram as vezes que chegaram à área do Barreirense. Nota muito, muito negativa para o jogador Ricardo Jorge, capitão da equipa do Câmara de Lobos, que a meio da segunda parte atentou brutalmente contra a integridade física do jogador Gilmar e que daí até final do jogo as agressões, a partir de certa altura mútuas, passaram a acontecer com a mesma frequência que disputavam os lances. Esse arruaceiro, que contou com a passividade da equipa de arbitragem, demonstrou com as suas repetidas acções: 1º Não ter estatura moral para jogar futebol, e muito menos para capitão de equipa; 2º Não ter como ser humano qualquer respeito pelo seu semelhante; 3º Revelou ser uma pessoa desiquilibrada, que transporta talvez os seus traumas da vida quotidiana para o rectângulo de jogo, quiçá com origem na democracia deficitária que afecta a Ilha e por arrastamento a organização familiar madeirense. HUGO AMARO sócio 3419.
 
Jogo muito VALIOSO que nenhuma equipa ganhou, o Árbitro roubou para a equipa visitante. Comprar protecções e luvas de boxe para o Gilmar - A Táctica para o próximo jogo. Forte crítica para a brigada da Roulote que não fez a "espera" ao árbitro. Os couratos aumentaram 20$00 e a mulhaer do G-R do C.L. devia estar atráz da baliza, o Barreirense não consegui marcar Golo. ÁLVARO PRETO sócio n.º2583.

Próximos eventos

sexta, 19 abril 2019 - 16:00 -17:45 : FCB(B) - Pegões (Juniores B)
quinta, 25 abril 2019 - 10:00 -11:35 : FCB(C) - Trafaria (Juvenis C)
quinta, 25 abril 2019 - 10:30 -11:45 : Vasco Gama Sines - FCB(A) (Infantis Sub-12)
quinta, 25 abril 2019 - 10:30 -11:35 : FCB(A) - Almada 2015(A) (Benjamins Sub-10)
quinta, 25 abril 2019 - 16:00 -17:45 : Alfarim - FCB (Seniores)
sábado, 27 abril 2019 - 09:00 -10:15 : FCB(B) - 1ºMaio Sarilhense (Infantis Sub-13)
sábado, 27 abril 2019 - 10:30 -11:35 : Stara Zagora - FCB(B) (Benjamins Sub-11)

Últimos comentários

  • Carlos Matos
    Exibição pobre para mim que ...

    Ler mais...

     
  • Rui G
    Qual 1904... até isso roubaram....

    Ler mais...

     
  • Jose
    Apenas um relato de um roubo, muito ...

    Ler mais...

     
  • Paulo S
    Uma vez corruptos, corruptos ...

    Ler mais...

Siga-nos no...

RSS youtube facebook twitter

Contactos - www.fcbarreirense.com