4 ª Jornada - 2ª fase, 3ª Divisão, Série F, Fabril 1 - Barreirense 1

Foto: Fabril - BarreirenseDerby manteve tudo na mesma
 
À 4ªjornada da fase de subida, com 3 jogos fora e 1 em casa, o Barreirense manteve a distância de 3 pontos para o 3ºclassificado, neste caso o Beira Mar de Monte Gordo, próximo adversário, tudo porque o derby voltou a dar em empate sendo os alvi-rubros a única equipa que este ano de 2008 não perdeu no reduto do Fabril e logo por duas vezes.
 Em novo confronto presenciado por muito mais adeptos alvi-rubros  que fabrilistas, Valter Costa tinha uma grande contrariedade já que não podia contar com o seu capitão, Carioca, que estava castigado, fazendo alinhar no onze André Dias que não comprometeu, mesmo com pouco tempo de utilização durante o campeonato.

 Com um calor abrasador, o jogo não podia ter começado melhor para o Barreirense já que ainda não se havia jogado os primeiros 60 segundos e João Batista aproveitava para abrir o marcador. A jogada começou em Rolo que desmarcou André Silva no corredor direito, o jovem formado no clube cruzou para João Batista que aproveitou um erro da defesa da casa para cara-a-cara com Luís Filipe inaugurar o marcador.
 Os donos do terreno demoraram a reagir e só à passagem do quarto de hora tiveram, por Bruno Cruz, uma boa situação num cabeceamento que não teve o melhor seguimento.

Foto: Fabril - Barreirense João Filipe não esperou muito para começar a experimentar o seu pé canhão mas o mais rematador de todos os jogadores em campo não foi tão feliz como nos 3 jogos anteriores.
 Nesta altura, o Fabril tinha mais tempo de posse de bola mas os alvi-rubros continuavam os espaços nas costas do adversário e num desses lances Vasco tirou Felipe Ferreira do caminho e com a baliza à sua mercê demorou um pouco mais do que devia e perdeu-se a oportunidade. O último quarto de hora trouxe um Fabril mais perigoso, principalmente em lances de bola parada até que já nos descontos, um desvio de Carlos Marques para a sua própria baliza só não deu maior vantagem no marcador ao Barreirense porque a bola saiu a milímetros do poste esquerdo de Luis Filipe.

 A 2ª parte mostrou a equipa da casa, novamente mais vezes no campo adversário mas sem espaços para conseguir abrir a bem organizada defesa alvi-rubra que por sua vez tentava sair a jogar com calma, embora não o tenha feito com a qualidade da 1ªparte, mas mesmo assim o foi o Fabril que chegou ao golo do empate num remate de muito longe de Luis Costa que Valter não susteve.
 Valter Costa começou a abrir o jogo e refrescou o sector mais avançado da equipa fazendo as 3 substituições a que tinha direito. E a verdade é que o meio-campo do Fabril deu o “berro” e o Barreirense começou a ter mais espaço para sair em contra-ataque que com um pouco mais de calma e um mais de força nas pernas podia ter resultado no 1-2 não foi João Batista? A jogada foi de 3 para 2 com Pedro Saianda a temporizar e a entregar ao talentoso médio que no momento do remate atrapalhou-se só com o guarda-redes Luis Filipe pela frente.
 De referir que pouco antes deste lance, Valter fez a defesa da tarde quando, de muito longe, Filipe Ferreira fez um remate que o nº1 barreirense defendeu para a barra.

Foto: Fabril - Barreirense Em jeito do que havia acontecido no derby anterior, o Barreirense voltou a não conseguir acabar com 11 jogadores já que, desta feita, a fava acabou por sair a Rolo que viu o vermelho directo o que vem trazer mais problemas à equipa que, para piorar a situação, ainda viu Filipe Muendo sair lesionado a poucos minutos do fim deixando a equipa a jogar com 9 jogadores.
 A arbitragem, à inglesa do sr. Rui Cabral de Ponta Delgada, fez vista grossa a alguns lances claros de falta evidente como foi o lance que antecedeu o golo do Fabril, mas pelo menos teve o mérito de anular um suposto golo dos da casa aquando da marcação de um livre indirecto que foi marcado de forma directa para a baliza e onde ninguém tocou na bola.
 
Ficha do Jogo:
 
Estádio: Alfredo da Silva
Árbitro: Rui Cabral (Ponta Delgada)
 
Fabril: Luis Filipe; Carlos André (Nuno Jorge ao int.), António Loureiro, Carlos Marques e Filipe Ferreira; Fusco, Bruno Cruz (Rui Dionísio aos 69´), Pedro Tralhão e David Martins; Luis Costa e Nascimento (Rui Capitão Mor aos 84´)
 
Não jogaram: Gerson, Crisanto, Edu e Pedro Vieira
 
Remates: 7+2 (9)
Cantos: 3+3 (6)
Cartões Amarelos: Carlos Marques (15´), Bruno Cruz (34´) e Filipe Ferreira (45´)
Golo: Luis Costa (61´)
 
Barreirense: Valter; Rolo, Gilson, Mário e João Filipe; Casa Grande, André Dias (Fábio Meireles aos 64´), Vasco, João Batista e André Silva (Filipe Muendo aos 73´); Fábio (Pedro Saianda aos 69´)
 
Não jogaram: Diogo, Paulo David, André Bandeira e Guerra
 
Remates: 3+6 (9)
Cantos: 4+2 (6)
Cartões Amarelos: Casa Grande (25´) e João Filipe (63´)
Cartão Vermelho: Rolo (86´, directo)
Golo: João Batista (1´)
 
Filme do jogo:
 
1´- Golo do Barreirense: 0-1 por João Batista
14´- FAB – boa jogada dos fabrilistas com Tralhão a cruzar para o desvio de Nascimento de cabeça, ao 2ºposte, para a entrada de Bruno Cruz que, também de cabeça, falha o alvo
16´- BAR – livre na lateral esquerda da área do Fabril com João Filipe a rematar forte mas ao lado
17´- FAB – remate fraco de Bruno Cruz, ao lado
18´- BAR – livre frontal de João Filipe por cima da barra
20´- BAR – João Batista dá a Vasco que dentro da área tira Felipe Ferreira do caminho e com a baliza à mercê demora um tudo nada e perde a oportunidade
23´- FAB – remate fácil de Carlos André para Valter segurar
30´- FAB – remate de Fusco, à entrada da área, com Valter a agarrar
33´- FAB – livre de Luis Costa na esquerda com David Martins a desviar de cabeça para fora
36´- FAB – Nascimento, na esquerda, cruza para a cabeça de Luis Costa ao lado
40´- BAR – canto de Vasco com o guarda-redes do Fabril a falhar a intersecção e ninguém a chegar
42´- FAB – livre de Bruno Cruz com David Martins a aparecer a cabecear ao lado do poste esquerdo de Valter
45´+1´- BAR – livre de Rolo, na direita, com Carlos Marques a antecipar-se a Fábio mas quase a fazer auto-golo. Canto.
Ao intervalo – FAB – sai Carlos André e entra Nuno Jorge
47´- BAR – remate de João Filipe cortado para canto
53´- BAR – canto curto de Vasco para João Filipe com o lateral esquerdo a disparar por cima da barra
60´- BAR – novamente João Filipe a tentar a sua sorte mas hoje não era o dia dele. Bola para fora.
61´- Golo do Fabril: 1-1 por Luis Costa
64´- BAR – entra Fábio Meireles e sai André Dias
69´- FAB – Bruno Cruz dá o seu lugar a Rui Dionísio
69´- BAR – Fábio sai e entra Pedro Saianda
73´- BAR – Filipe Muendo entra para o lugar de André Silva
76´- BAR – livre de João Filipe para as mãos de Luis Filipe
77´- FAB – remate, de muito longe, de Felipe Ferreira, com Valter a desviar para a barra e para canto. Defesa da tarde.
78´- BAR – Muendo, em desiquilíbrio, remata, de pé esquerdo, muito por alto
82´- BAR – contra-ataque com Pedro Saianda a dar para João Batista atrapalhar-se e perder uma oportunidade do tamanho do estádio
84´- FAB – Nascimento dá o seu lugar a Rui Capitão Mor
86´- BAR – expulsão de Rolo com vermelho directo
 
Nas cabines:
Valter Costa (treinador do F.C.Barreirense):
“Foi um jogo bem disputado onde tivemos uma ausência muito importante como foi o Carioca, um jogador muito experiente e com muita influência na nossa equipa, mas em que o André Dias esteve muito bem a substituí-lo. Na 1ªparte marcámos um golo cedo, o Fabril reagiu naturalmente, mas foi muito equilibrada, com ataques alternados de uma e outra equipa, isto perante um calor muito grande. Na 2ªparte procurámos controlar mais o jogo e tentar chegar ao segundo golo, mas numa falta sobre o João Batista a meio campo o árbitro não marcou e daí saiu o golo do Fabril.
 Refrescámos o ataque com a entrada dos 3 miúdos tentando explorar o ataque rápido, mas o jogo foi sempre muito equilibrado. Depois tivemos a expulsão quase já a acabar a que se juntou a lesão do Muendo que nos deixou em dificuldades e a jogar com menos dois jogadores mas penso que mesmo assim controlámos até ao fim. Queríamos ganhar, não conseguimos mas continuamos em 1ºlugar.”

Ver classificação >>>  

Fotos do jogo >>>  

Próximos eventos

quarta-feira, 21 outubro 2020 - 21:00 -22:45 : V.Guimarães - FCB (Seniores Basquetebol)
sábado, 24 outubro 2020 - 16:00 -17:45 : Piedense - FCB (Seniores - Futsal) ADIADO
sábado, 24 outubro 2020 - 18:00 -19:45 : FCB - Porto (Seniores Basquetebol)
sábado, 24 outubro 2020 - 18:30 -20:15 : Portimonense - FCB(B) (Seniores B - Basquetebol)
domingo, 25 outubro 2020 - 15:00 -16:45 : FCB - Almada (Seniores - Femininas)
sexta-feira, 30 outubro 2020 - 20:30 -22:15 : Lusitânia Açores - FCB (Seniores Basquetebol)
sábado, 31 outubro 2020 - 15:00 -16:45 : FCB(B) - MBA (Seniores B - Basquetebol)

Últimos comentários

  • Carlos Matos
    Exibição pobre para mim que ...

    Ler mais...

     
  • Rui G
    Qual 1904... até isso roubaram....

    Ler mais...

     
  • Jose
    Apenas um relato de um roubo, muito ...

    Ler mais...

     
  • Paulo S
    Uma vez corruptos, corruptos ...

    Ler mais...

Siga-nos no...

RSS youtube facebook twitter

Contactos - www.fcbarreirense.com