2ª Eliminatória da Taça de Portugal: Barreirense - 1 Madalena - 0

Foto: Barreirense superioriza-seAlvi-rubros atingem o pico e já vão prá 3ª...

O Barreirense superou o Madalena, da ilha do Pico, Açores, líder incontestado da 2ªdivisão série D, por 1-0 após prolongamento e está na 3ªeliminatória da taça de Portugal.
A vitória dos alvi-rubros só espanta quem não viu o jogo já que durante os 120 minutos do desafio a formação de Valter Costa foi sempre a melhor em campo, disfarçando a diferença de escalões entre ambas as equipas.

O jogo começou equilibrado com o primeiro remate a uma das balizas a ser protagonizado por João Batista, mas foram os açorianos, à passagem do quarto de hora, a terem duas grandes ocasiões para inaugurar o marcador com Nino a falhar o golo incrivelmente a meio metro da baliza atirando ao poste e na jogada seguinte o mesmo Nino remata para defesa difícil de Valter para a barra. O Barreirense respondeu na mesmo moeda desperdiçando, primeiro por Casa Grande e na recarga Mário Pessoa, a falharem o golo com a baliza completamente escancarada, aos 26 minutos.

Foto: Barreirense - Madalena O equilíbrio manteve-se até ao intervalo altura em que o técnico Vitor Urbano reparou que iria ter uma tarde bem mais difícil do que aquela que esperaria ter. Colocou mais um dois jogadores na frente de ataque, Kyle Oliveira e Camara, mas foi a partir dessa altura que o Barreirense pegou no jogo e definitivamente quis ganhar o desafio. Após uma meia oportunidade para os açorianos provocado por um erro de Gilson, os homens de Valter Costa empurraram o Madalena para o seu meio-campo e durante os primeiros 25 minutos da 2ªparte a baliza de Paulo Salgado era constantemente assolada pelos ataques alvi-rubros que só por manifesta infelicidade não resolveram logo ali a eliminatória.

Quando estávamos no 1ºminuto de descontos, o central Mário deixa-se antecipar por Kyle Oliveira que assista Nino para o remate deste que obrigou Valter a defender com muita dificuldade num lance que nasceu do nada.
Felizmente para nós que o jogo iria para o prolongamento já que não merecíamos de maneira de nenhuma perder este jogo depois do excelente desafio que os alvi-rubros realizaram nos 90 minutos.

Na1ªparte do prolongamento o Barreirense demorou a retomar as rédeas do desafio como tão bem havia feito nos segundos 45 minutos, mas a verdade é que o Madalena, que têm 3 homens na frente de ataque muito fortes e rápidos, também não Foto: Festa do goloconseguiu impor as suas armas em campo que até hoje lhes tinham valido 4 vitórias em 4 jogos para o campeonato. Aos 101 minutos de jogo, um buraco no sector defensivo dos açorianos permitiu a Pedro Saianda aparecer cara a cara com Paulo Salgado e fez o mais difícil que foi rematar para a defesa do guarda-redes do Madalena, mas para felicidade alvi-rubra o esférico iria embater em João Casal e anichar-se nas redes visitantes. Um golo feliz mas mais que justo para o que se havia passado até aí.

Logo de seguida, Nuno Rolo teve o 2-0 nos pés e a decisão definitiva da eliminatória que só esteve em risco no minuto 120 quando Kyle Oliveira atirou primeiro à barra e na recarga ao lado da baliza de Valter que nada podia fazer.
Com 4 minutos de descontos o jogo chegava ao final com vitória alvi-rubra e a melhor exibição da época.
Arbitragem sem problemas.

 

Ficha do jogo:

Estádio: Alfredo da Silva
Árbitro: Marco Pina (Lisboa)
Árbitros auxiliares: Pedro Ferreira e Júlio Branco

Barreirense: Valter; Rolo, Gilson, Mário e João Filipe; Tita, Vasco Campos, Carioca (cap.) e João Batista (André Silva aos 35´); Casa Grande (Pedro Saianda aos 79´) e Mário Pessoa (Filipe Muendo aos 49´)

Não jogaram: Hernâni, Wilson, Semedo e Brito

Amarelos: Casa Grande (78´), Vasco Campos (114´), Rolo (118´) e Pedro Saianda (120´)

Treinador: Valter Costa

Madalena:
Paulo Salgado; Pedro Clemente, Viula, André Oliveira e Rui Alberto; João Casal, Hélder Silva (Tamsir aos 76´) e Madalena (Kyle Oliveira ao int.); Luis Miguel (Camara ao int.), Nino e Carlos André

Não jogaram: Emanuel Rosa, João Frazão, Rui César e Joel

Amarelos: Madalena (37´), João Casal (104´), Viula (113´) e Carlos André
(116´)

Treinador: Vitor Urbano

Ao intervalo: 0-0
No final dos 90 minutos: 0-0
Ao intevalo do prolongamento: 1-0
No final do prolongamento: 1-0

Filme do jogo:

3´- BAR - João Batista remata para a defesa de Paulo Salgado, à entrada da área
9´- MAD - remate de Madalena fraco e à figura de Valter
15´- MAD - Luis Miguel cruza ao 2ºposte onde aparece Carlos Abreu a cabecear para Nino que remata a meio metro da baliza ao poste direito da baliza de Valter
16´- MAD - Carlos Abreu desmarca Nino que desmarca remata de primeira para defesa de Valter para a barra
24´- BAR - Mário Pessoa ganha ressalto à entrada da área mas remata torto
26´- BAR - grande passe de João Batista a desmarcar Casa Grande que isola remata para a defesa de Paulo Salgado. Na recarga aparece Mário Pessoa incrivelmente a atirar ao lado com a baliza aberta
30´- BAR - cruzamento de João Filipe para o remate de Mário Pessoa, ao lado
33´- BAR - tentativa de Carioca na lateral da área mas para fora
35´- BAR - João Batista substituído por André Silva
45´+1´- MAD - remate de Nino para fora
ao intervalo - MAD - Madalena e Luis Miguel substituídos por Kyle Oliveira e Camara, respectivamente
49´- BAR - Mário Pessoa substituído por Filipe Muendo
53´- MAD - Gilson perde a bola e zona proibida para Carlos Abreu que serve o remate prensado de Kyle Oliveira para Valter agarrar
56´- BAR - canto de Vasco Campos para o desvio de Gilson torto
63´- BAR - excelente trabalho de André Silva na esquerda do ataque servindo Casa Grande que falha o cabeceamento
64´- BAR - cruzamento/remate de João Filipe com Mário e Casa Grande a falharem o toque final
65´- MAD - livre de João Casal com Carlos Abreu a falhar ao 2ºposte com perigo
67´- BAR - remate de João Filipe para a defesa de Paulo Salgado
68´- BAR - João Filipe dá para Vasco Campos que penetra na defesa açoriana mas Paulo Salgado faz a mancha
69´- BAR - cruzamento de Nuno Rolo com Paulo Salgado a tirar o pão da boca a Casa Grande
76´- MAD - Hélder Silva substituído por Tamsir
79´- BAR - Casa Grande substituído por Pedro Saianda
90´- BAR - canto de Filipe Muendo com 3 jogadores do Barreirense a embrulharem-se com a defesa do Madalena na pequena área visitante e a não conseguirem o desvio para golo
90´+1´- MAD - Kyle Oliveira antecipa-se a Mário e assiste Nino que remata para defesa muito atrapalhada de Valter
94´- BAR - livre de Vasco Campos para defesa de Paulo Salgado
97´- MAD - Carlos André ganha ressalto à entrada da área e atira por cima
101´- Golo do BARREIRENSE. Auto-golo de João Casal. 1-0
103´- BAR - excelente jogada do Barreirense com Nuno Rolo a entrar na área pela direita e a tentar cruzar para Saianda empurrar para o golo mas Paulo Salgado defende para canto
107´- MAD - balão de Carlos André para área barreirense com João Casal a cabecear para as mãos de Valter
108´- BAR - remate cruzado muito perigoso de Pedro Saianda ao lado
119´- MAD - livre de Tamsir, Kyle Oliveira cabeceia à barra, a bola sobra novamente para o avançado açoriano que cabeceia para fora. Muito perigo.

Nas cabines:

Valter Costa (treinador do F.C.Barreirense):
"Foi um bom jogo apesar do muito calor.
Ambos os conjuntos entraram um pouco com receio uma da outra mas a partir dos 10 minutos de jogo o Barreirense foi sempre melhor equipa, teve o comando do jogo e teve as oportunidades mais perigosas e isto perante uma equipa muito moralizada e que se calhar não esperava encontrar uma equipa tão forte.
Foi uma vitória que nos moralizou para o campeonato e para o próximo jogo da taça. Só foi pena a lesão do João Batista, um jogador importante na nossa equipa até porque não temos muitos jogadores.
Quanto ao próximo adversário na taça não tenho preferência. Quem vier será sempre para ganhar mas é claro que se for uma equipa da liga Vitalis será sempre mais difícil Mas se jogarmos como hoje mesmo contra esses
adversários podemos vencer.
Quanto ao campo que iremos actuar em casa para os nossos jogos, o estádio Alfredo da Silva é um campo bom para o Barreirense porque é um campo grande embora a relva esteja um pouco alta e não tenha sido regado o que fez com que os jogadores acabassem com bolhas nos pés. Evidentemente que se jogássemos no D.Manuel de Mello era melhor..."

 

Fotos do jogo >>>

Video do golo >>>

 

Próximos eventos

sábado, 24 fevereiro 2024 - 09:30 -10:45 : FCB - Seixal 1925 (Sub-15 Femininos)
sábado, 24 fevereiro 2024 - 10:30 -11:35 : Alcochetense - FCB (Sub-11)
sábado, 24 fevereiro 2024 - 10:30 -11:45 : Vasco Gama Sines - FCB (Sub-13 Fut9)
sábado, 24 fevereiro 2024 - 11:00 -12:05 : Monte Caparica - FCB (Sub-10)
sábado, 24 fevereiro 2024 - 11:00 -12:15 : FCB - Lagameças (Sub-12)
sábado, 24 fevereiro 2024 - 14:00 -15:15 : Juv.Sarilhense - FCB (Sub-13 Fut7)
sábado, 24 fevereiro 2024 - 15:00 -16:45 : Juv.Évora - FCB (Sub-19)

Últimos comentários

  • Carlos Matos
    Exibição pobre para mim que ...

    Ler mais...

     
  • Rui G
    Qual 1904... até isso roubaram....

    Ler mais...

     
  • Jose
    Apenas um relato de um roubo, muito ...

    Ler mais...

     
  • Paulo S
    Uma vez corruptos, corruptos ...

    Ler mais...

Siga-nos no...

RSS youtube facebook twitter

Contactos - www.fcbarreirense.com