1ª Jornada, 3ª Divisão, Série F, Barreirense 0 - Quarteirense 0

Foto: Barreirense - QuarteirenseSe não houvesse balizas...era goleada certa

A estreia dos alvi-rubros no campeonato ficou marcada por um empate em casa a zero, frente ao Quarteirense, num desafio onde só uma equipa podia sair vencedora, o Barreirense.
No futebol não basta ter mais posse de bola, mais ataques, mais remates ou mais cantos. O mais importante é mesmo acertar na baliza adversária e essa foi a pecha da equipa de Valter Costa.

Perante uma equipa do Quarteirense que havia perdido o seu último jogo treino em casa por 0-4, ficou patente a diferença de valores entre ambos os conjuntos, principalmente nos primeiros 25 minutos de jogo onde o Barreirense tentou resolver a contenda o mais rapidamente possível com jogadas rápidas pelos flancos, na tentativa de servir os seus dois avançados, Casagrande e Mário Pessoa, que correram muito na frente de ataque. Os algarvios só conseguiram equilibrar o jogo quando os alvi-rubros desceram a sua pressão, até porque com o calor que se sentia e com a fase tão precoce da época, era difícil manter o ritmo durante muito mais tempo.

Para a 2ªparte, Valter Costa trouxe os mesmo 11, e à medida que o tempo decorria, a pressão barreirense ia aumentando cada vez mais, chegando mesmo a cheirar a sufoco, mas a verdade é que o mal para os alvi-rubros continuou a ser o facto de para se ganhar ter que marcar, o que, convenhamos, com a muralhaFoto: Barreirense - Quarteirense de 11 defesas em que se transformou a defesa algarvia, aquilo não parecia um autocarro que ali estava mas mais o Titanic que atracou em frente à baliza de Henrique.
Por incrível que pareça, foi o Quarteirense, que numa das poucas vezes que saiu do seu meio campo, teve a melhor oportunidade do jogo quando Filipe apareceu cara a cara com Valter, num contra-ataque algarvio mas o guardião barreirense acabou por revolver a situação.

Vendo a hora de ponta que havia na área algarvia, Valter Costa tenta abrir o jogo pelos flancos com as entradas dos jovens Brito e Muendo mas a verdade é que com maior ou menor dificuldade o Quarteirense lá conseguiu os seus intentos, que seria não perder por muitos, acabando mesmo por levar um pontinho para o algarve.

Arbitragem algo inconstante.

Ficha do jogo:

Estádio: D. Manuel de Mello
Árbitro: Carlos Décio Cordeiro
Árbitros auxiliares: José Borges e Rui Correia

Barreirense: Valter ; Rolo , Gilson , Mário e João Filipe ; Tita (Filipe Muendo aos 79´), Vasco Campos , Carioca (cap.) e João Batista ; Casagrande (Brito aos 71´) e Mário Pessoa (André Silva aos 85´)

Não jogaram: Diogo, André Dias, Guerra e Semedo

Treinador: Valter Costa

Quarteirense: Henrique; Fabiano, Paulo Jorge (cap.), Madeira e Ricardo Ponte; Mota, Filipe (Ivan aos 79´), Sérgio Brito (Bobó aos 66´) e Pedro Lourenço; Marquito (Marcelo aos 90+3) e Stallone

Treinador: Luis Resende

Não jogaram: Nuno, Fábio Marques, Motinha e Oleirinha

Ao intervalo: 0-0
No final: 0-0

Filme do jogo:

4´- BAR - Carioca serve Mário Pessoa que remata ao lado
17´- BAR - livre de Vasco Campos à figura de Henrique
22´- BAR - Cabeceamento de Casagrande ao lado
23´- BAR - livre de Carioca contra a defesa algarvia, na recarga Mário Pessoa, de bicicleta, atira ao lado
26´- BAR - cruzamento de Carioca para a cabeça de Casagrande sobre a barra
37´- BAR - tentativa de João Batista para boa defesa de Henrique
40´- BAR - novo cruzamento de Carioca desta vez para Rolo atirar por cima
51´- QUA - contra-ataque conduzido por Stallone na direita, este mete em Filipe que isolado remata contra as pernas de Valter
56´- BAR - canto apontado por João Batista, direita, com Gilson e Mário a atrapalharem-se na boca da baliza permitindo o corte de um defesa para canto. No seguimento do mesmo apontado por Vasco Campos, o central Mário aparece liberto a cabecear ao lado. Perigoso.
62´- BAR - Insistência de Vasco Campos, com a bola a ressaltar num defesa e sobrar para o remate acrobático de Mário Pessoa é entrada da área pouco ao lado
66´- QUA - Sérgio Brito substituído por Bobó
68´- BAR - livre frontal de João Filipe com a bola a ressaltar na defesa algarvia e quase a trair Henrique
70´- QUA - jogada individual de Stallone a rematar às malhas laterais já em dificuldade
71´- BAR - Casagrande substituído por Brito
72´- BAR - pontapé longo para o ataque barreirense, Carioca desvia de cabeça para o acabadinho de entrar Brito rematar por cima da barra em excelente posição
79´- BAR - Tita substituído por Filipe Muendo
79´- QUA - Filipe substituído por Ivan
85´- BAR - Mário Pessoa substituído por André Silva
87´- QUA - contra-ataque algarvio conduzido por Bobó que remata à entrada da área para defesa com as pernas de Valter
90´+1´- BAR - cruzamento de Rolo para Brito rematar cruzado, com perigo
90´+3´- BAR - João Filipe bate para a molhada, a bola bate na pequena área e saí um pouco por cima para barra

Nas cabines:

 


Valter Costa (treinador do F.C.Barreirense):
"O 1ºjogo em casa é sempre assim, com os jogadores novos, alguma ansiedade, embora eu esperasse mais em termos atacantes sendo mais objectivos, mais práticos e criado mais oportunidades de golo. Ao longo do campeonato os jogadores irão se soltar e irão dar uma melhor resposta.
Só o Barreirense tentou ganhar o jogo, mas também podíamos ter jogado mais rápido, jogar mais pelas alas, mas faltou maior clarividência o que facilitou o trabalho do adversário.
O Barreirense irá jogar para os primeiros lugares quer sejam com estes jogadores ou com qualquer outros que cheguem entretanto.
Relativamente ao jogo da taça, no próximo fim-de-semana, vamos respeitar o adversário porque hoje em dia não há jogos fáceis e mesmo defrontando uma equipa dos distritais vamos jogar com a melhor equipa."

Luis Resende (treinador do Quarteirense):
"Defrontámos uma excelente equipada, muito bem orientada e que tem muita qualidade de jogo.
Fizemos o jogo possível para uma equipa com 3 semanas e meia de treinos, defendendo bem, com atitude, empenho, isto perante um adversário forte. Queremos ficar nos 6 primeiros que nos garante a permanência na 3ªdivisão,
sabendo que temos 12 jogadores da formação do Quarteirense e que temos muito trabalho pela frente.
Vai ser um campeonato difícil ainda para mais porque o nosso orçamento não nos permitiu grandes reforços."

Fotos do jogo >>>  

Próximos eventos

sábado, 01 junho 2024 - 09:00 -10:15 : Olimp.Montijo - FCB (Sub-13 Fut9)
sábado, 01 junho 2024 - 09:00 -10:05 : FCB - Charneca Caparica (Sub-10)
sábado, 01 junho 2024 - 10:30 -11:35 : FCB - V.Setúbal (Sub-11)
sábado, 01 junho 2024 - 11:45 -12:50 : Seixal 1925 - FCB(B) (Sub-11)
sábado, 01 junho 2024 - 11:45 -13:00 : FCB - V.Setúbal (Sub-12)
domingo, 02 junho 2024 - 11:00 -12:35 : Estoril - FCB (Sub-15)
domingo, 02 junho 2024 - 11:00 -12:45 : Portimonense - FCB (Sub-17)

Últimos comentários

  • Carlos Matos
    Exibição pobre para mim que ...

    Ler mais...

     
  • Rui G
    Qual 1904... até isso roubaram....

    Ler mais...

     
  • Jose
    Apenas um relato de um roubo, muito ...

    Ler mais...

     
  • Paulo S
    Uma vez corruptos, corruptos ...

    Ler mais...

Siga-nos no...

RSS youtube facebook twitter

Contactos - www.fcbarreirense.com