6ª Jornada, III Divisão Serie E, Pero Pinheiro - 1 Barreirense - 2

121028_pero_pinheiro_barreirenseAmadeu comeu o "pêro", José Carlos foi seu cúmplice...
 
O Barreirense regressou às vitórias após mais um jogo realizado fora de portas (o quinto em seis jogos disputados), vencendo em Pêro Pinheiro por 1-2. Para tal, muito contribuiu o ponta-da-lança Amadeu, com dois golos, regressado à titularidade e o guarda-redes José Carlos que defendeu uma grande penalidade aos...97 minutos, mas já lá vamos a esse lance.
Entrou da melhor maneira a equipa de Duka que logo ao 2º minuto inaugurou o marcador na sequência de um pontapé de canto de Bailão que teve sequência na cabeça de David Martins e no pé de Amadeu, que só teve que encostar para o fundo da baliza de Ady.
Respondeu de imediato a equipa da casa que durante toda a primeira parte pressionou muito o Barreirense e nunca deu espaços para que a equipa alvi-rubra pudesse sair em condições para o ataque.


Resultado disso mesmo foi o golo da igualdade, aos 10 minutos, num livre marcado de forma irrepreensível pelo defesa-esquerdo César.
Apesar da maior pressão da equipa da casa, os resultados práticos dessa pressão foram praticamente nulos, as oportunidades de golo não existiram e o jogo arrastou-se até ao intervalo sem grande motivos de interesse.
No início da 2ª parte o Pêro Pinheiro ameaçou ligeiramente, através de remates de longa distância mas com as alterações feitas por Duka, o Barreirense começou a trocar melhor a bola e beneficiou do desgaste que o adversário teve no primeiro tempo onde correu muito para fazer a pressão alta que fez.
Aos 63 minutos, numa bola colocada para a velocidade de Dieb, este deixou o central Luis Vaz para trás e rematou com força, para uma defesa incompleta de Ady aparecendo Amadeu a dizer sim à bola e ao 1-2.
Depois veio um momento onde o Barreirense podia ter terminado com o jogo, mas não o fez e quando isso sucede...tudo pode acontecer.
Isto para dizer que o Pêro Pinheiro mostrava-se sem frescura para chegar com cabeça, tronco e membros à baliza barreirense e como os alvi-rubros também não tiveram o discernimento de fazer o terceiro golo, chegou-se à parte dos descontos de um jogo que deveria ter 5 minutos de tempo extra...Nós referimos que deveria ter, mas o certo é que o árbitro do encontro, sem razão aparente, decidiu prolongar mais um pouquinho esse tempo de descontos e aos 97 minutos, curiosamente, um jogador do Pêro Pinheiro decidiu cair na grande área barreirense "tocado" por Vasco Firmino que acabou por ser expulso por duplo amarelo. A injustiça não foi maior porque na baliza barreirense José Carlos acreditou na "justiça divina" e fez uma defesa do outro mundo na transformação da grande penalidade de Saramago. Sr. árbitro não vale a pena inventar quando não se tem a experiência necessária para este tipo de simulações. É que fica muito mal na fotografia... 
 
Ficha do jogo:
 
Campo: de jogos Pardal Monteiro, em Pêro Pinheiro
Piso: Sintético
Árbitro: Rudi Silva (Leiria) 
Árbitros Auxiliares: Daniel Nicolau e Ricardo Morgado 
Tempo: Sol e tempo ameno
 
Pêro Pinheiro: Ady; Graça, Luis Vaz, Dani, César, Aguiar (c), Saramago, André, Gera, Diogo e Abiud
 
Suplentes: Mourinha; Tununo, Ricardo Fernandes, Mauro, Kiko, Maniche, Ruben 
 
Cartões Amarelos: Saramago (46´) e Graça (87´)
Cartão Vermelho: Gera (90´+4´directo)  
Substituições: Diogo por Maniche (61´), Aguiar por Tununo (62´) e André por Kiko (70´)   
Golo: César (10´) 
 
Treinador: Hélder Ferreira
Treinador-Adjunto: Ochoa

Barreirense: José Carlos; Miguel Gomes, Valter, Bruno Costa, Lampreia, David Martins (c), Monzelo, João Nuno, Nuno Dias, Bailão e Amadeu 
 
Suplentes: Carlos Soares; Fábio Fragoso, Ivan Tavares, João Racha, David Pinto, Dieb e Vasco Firmino 
 
Cartões Amarelos: João Nuno (32´), Monzelo (52´), Miguel Gomes (84´), Lampreia (87´), Vasco Firmino (90´+3´e 90´+6´) 
Cartão Vermelho: Vasco Firmino (90´+6´)
Substituições: João Nuno por David Pinto (ao int.), Bailão por Dieb (55´) e Nuno Dias por Vasco Firmino (79´)   
Golos: Amadeu (2´e 63´)   

Treinador: Duka
Treinador-Adjunto: João Renato
 
Filme do jogo:

2´- 0:1 - O Barreirense entra a ganhar no jogo e ao contrário do que é habitual: canto de Bailão, no lado direito do ataque, a bola vai ao 2º poste onde o capitão David Martins cabeceia para a defesa do guarda-redes Ady para a barra, a bola sobra para Amadeu que desvia para o fundo da baliza.
10´- 1:1 - A resposta veio oito minutos mais tarde: livre muito perto da área do Barreirense, ligeiramente descaído para o lado direito do ataque
do Pêro Pinheiro ao jeito do lateral-esquerdo César, que coloca a bola sobre a barreira e fez o empate sem hipóteses para José Carlos.
14´- PP - Livre junto à bandeirola de canto, do lado direito do ataque, César coloca na área onde José Carlos defende a punhos numa bola muito difícil.
27´- FCB - Remate de Nuno Dias, ainda longe da área, a bola sai com força e a rasar o poste direito de Ady.
34´- PP - Remate de André, descaído pela direita, José Carlos segura.
49´- PP - Passe do flanco direito para o remate de Aguiar, José Carlos defende.
50´- PP - Remate de Saramago pouco ao lado.
51´- FCB - Cruzamento de David Martins, no lado esquerdo, a bola sai tensa com César e Ady a atrapalharem-se mutuamente e quase que Amadeu consegue chegar a tempo.
59´- FCB - Centro para a área, a defesa da casa alivia para a entrada da área onde Nuno Dias remata ao lado.
63´- 1:2 - O Barreirense chega ao segundo golo: bola para a velocidade de Dieb na esquerda, o jovem passa como quer por Luis Vaz e remata com força para uma defesa incompleta de Ady para o seu lado esquerdo, onde aparece, mais uma vez muito oportuno, Amadeu a cabecear para o fundo da baliza.
65´- FCB - O Barreirense cresce no jogo: canto de Nuno Dias, desvio ao primeiro poste num cacho de jogadores, sobrando a bola para o 2º poste onde Amadeu fica muito perto do Hat-Trick. A bola sai a rasar o poste direito de Ady.
68´- FCB - Livre combinado entre David Martins e David Pinto, a bola vai para a baliza e é aliviada em cima da linha de golo por Luis Vaz.
90´+7´- PP - Numa grande penalidade inventada pelo árbitro da partida, Saramago, ex-Atlético, tem a oportunidade no pés de restabelecer a igualdade. A bola é batida com força, para o lado direito de José Carlos que faz um voo e uma defesa fenomenais.

Próximos eventos

quarta-feira, 17 abril 2024 - 21:30 -23:00 : Piedense - FCB (Sub-17)
sábado, 20 abril 2024 - 09:00 -10:15 : V.Setúbal - FCB (Sub-12)
sábado, 20 abril 2024 - 09:00 -10:15 : Pinhalnovense - FCB (Sub-13 Fut11)
sábado, 20 abril 2024 - 09:00 -10:25 : FCB - Esc.Fut.Setúbal (Sub-17 Femininos)
sábado, 20 abril 2024 - 10:30 -11:45 : FCB - Esc.Fut.Setúbal (Sub-15 Femininos)
sábado, 20 abril 2024 - 11:00 -12:05 : Charneca Caparica - FCB (Sub-10)
sábado, 20 abril 2024 - 11:45 -12:50 : Pinhalnovense(B) - FCB(B) (Sub-11)

Últimos comentários

  • Carlos Matos
    Exibição pobre para mim que ...

    Ler mais...

     
  • Rui G
    Qual 1904... até isso roubaram....

    Ler mais...

     
  • Jose
    Apenas um relato de um roubo, muito ...

    Ler mais...

     
  • Paulo S
    Uma vez corruptos, corruptos ...

    Ler mais...

Siga-nos no...

RSS youtube facebook twitter

Contactos - www.fcbarreirense.com