Benfica «adormecido» cai (83-82) ante aguerrido Barreirense

ÁGUIAS «TROPEÇAM» EM JOGO DA 24ª JORNADA DA LIGA
NUM dos embates mais aguardados da 24ª ronda da Liga TMN, o Barreirense logrou, em casa, bater o Benfica, por 83-82. Este desfecho - fundamental para os locais que, desta forma, asseguraram desde já a manutenção - veio complicar (e muito) as contas dos encarnados, que por agora foram ultrapassados pelo FC Porto (derrotou o Queluz) e viram a Portugal Telecom (superou o Gaia) "fugir" na classificação.


Nas restantes partidas, o Seixal venceu, conforme esperado, em Belém; o Aveiro Basket - em nítida subida de forma - superou o CAB e o Ginásio passou em Ílhavo, deixando a turma local em grandes dificuldades para conseguir um posto no "playoff".

Domingo, a ronda encerra com a a disputa do Oliveirense-Ovarense.

Equilíbrio no Barreiro

A partida entre Barreirense e Benfica foi pautada de princípio a fim pelo equilíbrio, perante o entusiasmo do muito público que lotou o recinto da formação da margem sul e que, no final, comemorou de forma exuberante o êxito dos comandados de Francisco Cabrita.

Nos primeiros instantes, o Benfica - com Carlos Seixas em plano de destaque - dominou, tirando partido do acerto no jogo exterior. Porém, cedo se percebeu que o Barreirense iria lutar até ao último fôlego. E esse seria, indiscutivelmente, o grande mérito dos locais que, apesar de terem estado em desvantagem durante quase todo o embate, nunca deixaram de acreditar na reviravolta.

As águias entraram no último minuto a perder, mas Seixas (não merecia o desaire) converteu um triplo e deixou a sua equipa à beira da vitória. Contudo, um mau posicionamento defensivo permitiu que o Barreirense lançasse também para além da linha dos 6,25 metros. Gerson Monteiro, pese a oposição de Cabtree, não errou o alvo e operou, de forma dramática, a reviravolta.

A dupla de arbitragem decidiu que havia um segundo para jogar, mas o Benfica não teve capacidade para reagir. O passe de "costa a costa" de Juan Barros (regressou após longa paragem) não chegou ao destino. Seis jogos depois, o Benfica perdeu.

Francisco Cabrita era um homem feliz com este notável êxito. "Foi um jogo espectacular. O Barreirense regressou aos bons tempos de antigamente. Lutámos muito e conseguimos ser superiores a uma equipa excelente que está a jogar muito bem. Podíamos ocupar outro lugar, mas o objectivo está alcançado", disse.

Mário Gomes, técnico do Benfica, lamentou alguns erros. "Cometemos dois/três deslizes no último minuto e isso foi fatal", explicou.

In "Record Online"

Imagens

Último vídeo

Próximos eventos

sábado, 01 junho 2024 - 09:00 -10:15 : Olimp.Montijo - FCB (Sub-13 Fut9)
sábado, 01 junho 2024 - 09:00 -10:05 : FCB - Charneca Caparica (Sub-10)
sábado, 01 junho 2024 - 10:30 -11:35 : FCB - V.Setúbal (Sub-11)
sábado, 01 junho 2024 - 11:45 -12:50 : Seixal 1925 - FCB(B) (Sub-11)
sábado, 01 junho 2024 - 11:45 -13:00 : FCB - V.Setúbal (Sub-12)
domingo, 02 junho 2024 - 11:00 -12:35 : Estoril - FCB (Sub-15)
domingo, 02 junho 2024 - 11:00 -12:45 : Portimonense - FCB (Sub-17)

Últimos comentários

  • Carlos Matos
    Exibição pobre para mim que ...

    Ler mais...

     
  • Rui G
    Qual 1904... até isso roubaram....

    Ler mais...

     
  • Jose
    Apenas um relato de um roubo, muito ...

    Ler mais...

     
  • Paulo S
    Uma vez corruptos, corruptos ...

    Ler mais...

Siga-nos no...

RSS youtube facebook twitter

Contactos - www.fcbarreirense.com