25 ª Jornada, I Divisão AF Setúbal, Barreirense - 0 Sesimbra - 1

DSCF3834Uma falha fez toda a diferença
 
A Quinta do Anjo serviu como recepção ao líder do campeonato, estabelecendo-se como o 4ºlocal utilizado pelos alvi-rubros para receber os seus adversários (depois do campo da Verderena, campo do Luso e campo do Vinhense). O bom sintético do Quintajense não serviu de inspiração à nossa equipa, que acabou por perder perante um adversário forte e que mostrou porque lidera o campeonato.


O equilíbrio dominou o desafio, na 1ªparte, onde ambos os conjuntos tentaram chegar à baliza adversária mas quase sempre sem efeitos práticos. Foi o Barreirense que teve o primeiro remate do jogo com David Martins, à entrada da área, a disparar, não muito por cima da baliza, do nosso bem conhecido Paulo Silva. Na resposta, o Sesimbra atirou uma bola à barra na sequência de um livre lateral e pouco depois, Paulo Manita colocou em sentido o guardião Diogo (regressado à titularidade) mostrando que o líder do campeonato queria algo mais que o empate.
Aos 17 minutos, Pedro Pereira obrigou Paulo Silva à sua primeira defesa e mostrava que o Barreirense também queria deixar uma imagem bem diferente da última meia-hora do jogo da 1ªvolta.
O equilíbrio no marcador foi posto em causa entre os 32 e 35 minutos de jogo com Vasco a cobrar um canto para a cabeça de Gonçalo que, de imediato, colocou em André Silva, mas o pequeno jogador acabou por rematar ligeiramente por cima da barra, sendo, o esférico desviado, ainda, por um defesa. Na resposta, Luis Silva cruzou da esquerda, Miguel Gomes falhou o corte e Paulo Manita rematou pouco ao lado da baliza.
Foi nesta toada, morna, que chegou o minuto 44, onde um passe errado, no círculo central, numa transição defesa-ataque dos alvi-rubros, deitou tudo a perder. Tiago Carvalho ficou em posse do esférico, avançou pelo centro do terreno e colocou em Luis Silva, completamente à vontade na esquerda do seu ataque, que rematou para o golo.
 
Diogo em dificuldades
 
A perder ao intervalo, Rossano entrou para o lugar do desinspirado Varela, mas foi o Sesimbra que entrou mais forte. Moralizados pelo golo alcançado no finalzinho da 1ªparte, os sesimbrenses podíam ter ampliado o marcador por diversas vezes. Tiago Carvalho, principalmente nos lances de bola parada, colocou o guardião Diogo em dificuldades em pelo menos 4 ocasiões (51´, 62´, 64´ e 75´). Na primeira dessas ocasiões, a bola foi ao poste esquerdo enquanto que nas restantes 3 só o mérito do nosso nº1 impediu o golo forasteiro. Em mais duas situações, o golo esteve à vista mas Luis Silva não foi tão feliz como o foi no 1ºtempo (minutos 49 e 55). Só a vinte minutos dos noventa, o Barreirense conseguiu chegar à baliza de Paulo Silva e logo por duas vezes, e que, por sinal, só não deu golo por mero acaso. Rossano, num livre lateral, rematou forte, a pedir um desvio, mas por vezes o que acontece é que se ninguém desvia, o guarda-redes acaba por ser traído, mas a atenção do guarda-redes do Sesimbra permitiu segurar o esférico à 2ªtentativa. No lance seguinte, um canto do mesmo Rossano foi ter com Valdo que rematou, com muito perigo, a razar o poste esquerdo de Paulo Silva, com este batido.
A partir daí o jogo perdeu clarividência e os jogadores começaram a jogar mais sem bola. Foi o período em que surgiram os cartões amarelos e as expulsões do treinador Duka (80´) e de Nuno Pinto (89´).
No último minuto de jogo, Amarelinho ganhou espaço à entrada da área e rematou para uma defesa algo complicada de Paulo Silva.
Resultado que se aceita. O Sesimbra pressionou muito alto e isso criou problemas ao habitual bom toque de bola que os nossos médios possuem. O Barreirense não fez tudo o que estava ao seu alcançe mas temos que dar mérito ao adversário também.
Arbitragem regular e sem influência no resultado.
 
Ficha do jogo:
 
Campo: Leonel Martins, na Quinta do Anjo
Piso: Sintético 
Árbitro: Mário Quendera
Árbitros auxiliares: João Lourenço e Sérgio Pereira
Tempo: Sol

Barreirense: Diogo (c); Carlos Marques, Gonçalo Silva, Ruben Marques e Miguel Gomes; Pedro Pereira (Amarelinho aos 65´), David Martins e Vasco Campos; Varela (Rossano ao int.), André Silva e Valdo
 
Não jogaram: Nuno Almeida, André Guerreiro, João Renato, Fábio Mira e Fábio Santos

Treinador: Duka
Treinador-Adjunto: Jorge Ferreira
 
Cartões Amarelos: Varela (21´), David Martins (48´), Vasco Campos (48´), Rossano (78´), André Silva (80´) e Gonçalo Silva (85´); Duka expulso do banco (80´)
Golos: -

Sesimbra: Paulo Silva; Nuno Pinto, Nuno Silva (c), Nuno Mata, Fred, Ricardo Rigôr, Paulo Manita (Daniel aos 80´), Crisanto, José Carlos (Jailson aos 90´+1´), Tiago Carvalho (João Mata aos 90´) e Luis Silva
 
Não jogaram: Luis Postiga, João Pinhal, Serginho e Mantorras
 
Treinador: Tiago Fatia
Treinador-Adjunto: Carlos Faneca
 
Cartões Amarelos: Ricardo Rigôr (24´), Fred (58´), Nuno Pinto (84´e 89´), Crisanto (89´) e José Carlos (90´+3´)   
Cartão Vermelho: Nuno Pinto (89´)
Golo: Luis Silva (44´)
 
Ao intervalo: 0-1
No final: 0-1

Próximos eventos

sábado, 01 outubro 2022 - 10:30 -11:45 : Colégio Atlântico - FCB (Sub-13 Fut 9)
sábado, 01 outubro 2022 - 10:30 -11:45 : FCB - Desp.Fabril (Sub-13 Fut 7)
sábado, 01 outubro 2022 - 15:00 -16:45 : FCB - Amora (Sub-19)
sábado, 01 outubro 2022 - 17:00 -18:45 : FCB - Basket Almada (Sub-16)
sábado, 01 outubro 2022 - 18:00 -19:30 : São Roque Faial - FCB (Seniores)
sábado, 01 outubro 2022 - 18:00 -19:30 : Banheirense - FCB (Juvenis)
sábado, 01 outubro 2022 - 21:00 -22:45 : Benfica(B) - FCB (Seniores)

Últimos comentários

  • Carlos Matos
    Exibição pobre para mim que ...

    Ler mais...

     
  • Rui G
    Qual 1904... até isso roubaram....

    Ler mais...

     
  • Jose
    Apenas um relato de um roubo, muito ...

    Ler mais...

     
  • Paulo S
    Uma vez corruptos, corruptos ...

    Ler mais...

Siga-nos no...

RSS youtube facebook twitter

Contactos - www.fcbarreirense.com