4 ª Jornada, I Divisão AF Setúbal, Palmelense - 2 Barreirense - 1

palmelense barreirense16Medidas de austeridade para Hugo Mouzinho e seus pares... já

 
O problema do futebol no distrital é este mesmo: jogadores de média qualidade. Por isso os adeptos que vão aos campos são poucos e cada vez serão menos, até porque os bilhetes por vezes são caros e os espectáculos são de fraca qualidade. Mas depois ainda existem uns artistas que, temos pena que assim sejam, estão no futebol para aniquilar o que resta do futebol distrital, ou seja, o jogar com amor à camisola.

O que assistimos hoje em Palmela foi um atentado a todos aqueles que gostam deste desporto e verdade seja dita, nem nos apetecia muito falar sobre o jogo, porque de "jogo" teve pouco ou nada. O sr. Hugo Mouzinho e ses pares protagonizaram uma vergonhosa actuação que só no distrital pode acontecer porque caso passasse na TV, estes senhores eram irradiados do futebol.
O Barreirense conseguiu adiantar-se no marcador, aos 16 minutos, após passe de João Nuno para Varela que apareceu muito bem nas costas do defesa, para abrir o marcador. O Palmelense não se via e não se viu durante todo o jogo pelo que necessitou da ajuda de terceiros para conseguir o que não conseguia no futebol jogado. Aos 25 minutos, Wilson é expulso por acumulação de amarelos por ter entrado em campo sem autorização do árbitro. Será??. Quatro minutos depois, um pé em riste de um defesa barreirense leva o árbitro a marcar falta, indiscutível diga-se, sobre um adversário. Livre indirecto que Luís Conceição apontou directamente para a baliza. Como ninguém tocou na bola e ela entrou, diz a lei que deverá ser marcado pontapé de baliza, mas o sr. Hugo Mouzinho assinalou golo perante os protestos dos jogadores alvi-rubros. Pouco há mais para contar na 1ªparte senão mais um cartão para o guarda-redes Diogo tirado pelo auxiliar que só ele pode dizer o porquê.
 
Inenarrável 2ª parte
 
Começou o 2ºtempo e tinham passados mais 11 minutos de jogo quando Valter derrubou?? o avançado Ricardo (mas que "fiteiro" este jogador, que conseguiu simular faltas e faltas e acabou apenas com um amarelo). Segundo cartão e mais um para a rua. Já eram 9 contra 14 e mesmo assim a equipa de Palmela não conseguiu criar uma jogada de perigo junto à área barreirense. Chegaram os descontos, sete minutos!!. Até parece que o nosso fisioterapeuta tinha entrado 10 vezes em campo quando apenas o guarda-redes Diogo tinha recebido assistência num lance em que o já referido Ricardo (68´) atropelou o 22 barreirense. Aos 97 minutos de jogo, numa jogada pela direita, Pombo recebe um passe de um seu companheiro e marca o 2-1. O problema é que nós estávamos precisamente no enfiamento da jogada e o sr. auxiliar não foi capaz de assinalar um fora-de-jogo de 2 metros, pelo menos, de Pombo que assim fez o golo da vitória. Foi, de facto, um escândalo e à que dizê-lo com todas as letras. André Cansado, David Martins e Cláudio acabaram também por serem expulsos (segundo o que nos foi possível apurar, embora a expulsão de Cláudio não tenha sido confirmada) e acabou o desafio.
E pronto, assim acabou um final de tarde de domingo que foi demasiado deprimente para ser verdade. Só falta referir que três jogadores do Palmelense, já com amarelo, conseguiram terminar o desafio mesmo após terem cometido faltas que, segundo o critério, dos juízes de campo seriam merecedores de admoestação noutros lances. 
Alguém tem que fazer alguma coisa ao que se passou hoje.
  
Ficha do jogo:
 
Campo: nº1 do Complexo Municipal de Palmela
Piso: Natural 
Árbitro: Hugo Mouzinho
Árbitros auxiliares: Ricardo Sousa e Cláudio Rodrigues
Tempo: Sol e algum vento

Palmelense: Paulo Graça ((c) aos 83´); Rosado (Cortêz aos 59´), João Matos (c) (Pombo aos 83´), Sabido, Canudo, Luís Conceição, Gabi, Ferreira (Margarido aos 89´), Rui Carvalho, Ricardo e Celestino 
 
Não jogaram: Nilton, Celso, Hugo Ramos e André Martins
 
Treinador: Carlos Ribeiro
Treinador-Adjunto: João Pinho
 
Cartões Amarelos: Ferreira (31´), Luís Conceição (39´), João Matos (44´), Sabido (51´), Gabi (61´), Ricardo (68´) e Cortêz (77´)    
Golos: Luís Conceição (29´) e Pombo (90´+7´)
   
Barreirense: Diogo; Wilson, Valter, Ruben Marques, André Cansado; David Martins, João Nuno, Claudio; Varela (Amadu aos 53´), Rossano e Júlio (Valdo aos 88´) 
 
Não jogaram: Carlos Soares, Jardel, Pedro Pereira, Luís Pereira, Jorge Palma

Treinador: Duka
Treinador-Adjunto: João Renato
 
Cartões Amarelos: Valter (18´e 56´), Wilson (24´e 25´), Diogo (42´) e Rossano (73´)
Cartões Vermelhos: Wilson (25´), Valter (56´), André Cansado (90´+7´directo), David Martins (90´+7´directo) e Claudio? (90´+7´directo) 
Golo: Varela (16´)

Ao intervalo: 1-1
No final: 2-1

 

Próximos eventos

sábado, 26 novembro 2022 - 09:00 -10:05 : FCB(B) - CRI (Sub-10)
sábado, 26 novembro 2022 - 09:30 -10:45 : Quinta Conde - FCB (Sub-13 Fut 7)
sábado, 26 novembro 2022 - 10:30 -11:35 : FCB - Seixal 1925(B) (Sub-11)
sábado, 26 novembro 2022 - 10:30 -11:45 : D.João I - FCB (Sub-13 Fut9)
sábado, 26 novembro 2022 - 11:00 -12:05 : Colégio Atlântico - FCB (Sub-10)
sábado, 26 novembro 2022 - 11:45 -12:50 : FCB(B) - Comércio e Indústria (Sub-11)
sábado, 26 novembro 2022 - 15:00 -16:45 : Portimonense - FCB (Seniores)

Últimos comentários

  • Carlos Matos
    Exibição pobre para mim que ...

    Ler mais...

     
  • Rui G
    Qual 1904... até isso roubaram....

    Ler mais...

     
  • Jose
    Apenas um relato de um roubo, muito ...

    Ler mais...

     
  • Paulo S
    Uma vez corruptos, corruptos ...

    Ler mais...

Siga-nos no...

RSS youtube facebook twitter

Contactos - www.fcbarreirense.com